Economia/Estatística

Home > Perfis profissionais > Economia/Estatística

Se tem uma formação na área da economia, matemática ou estatística e está interessado em contribuir para assegurar uma concorrência leal ou melhorar as condições de vida na Europa, pode trabalhar para uma instituição ou um organismo europeu como economista ou estatístico. A maioria dos economistas e estatísticos são recrutados através do nosso procedimento de seleção anual dirigido a pessoas com diploma universitário, lançado todos os anos na primavera.

Descrição das funções

Se for recrutado como economista, trabalhará em estreita colaboração com altos funcionários europeus para realizar análises económicas e estatísticas e definir novas estratégias em domínios como as instituições e os mercados financeiros, a integração e o desenvolvimento económicos, o comércio pan-europeu, as finanças públicas, as reformas estruturais e a moeda única.

 

Qualificações

Deve possuir um bom domínio de, pelo menos, duas línguas da UE e uma licenciatura em economia para poder ser recrutado no Grau AD 5 (nível de entrada dos funcionários administradores). Se, além disso, tiver vários anos de experiência relevante, pode ser recrutado num grau superior (Grau AD 7).

Informe-se sobre o processo de seleção e veja os exemplos de provas.

Para mais informações sobre os estágios, consulte a página Estágios.

Descrição das funções

Os estatísticos que trabalham nas instituições europeias dão um contributo fundamental para o processo de decisão e para as futuras políticas da UE. Concentrando-se, sobretudo, na informação económica, financeira, social, agrícola e ambiental, as suas tarefas podem incluir a conceção e aplicação de programas estatísticos, a definição de metodologias, a aplicação de modelos matemáticos, a realização de análises quantitativas e qualitativas, a regulação e coordenação de atividades estatísticas, a interpretação e divulgação de dados, a execução de planos de projetos e a supervisão e o acompanhamento de outros membros do pessoal. Os estatísticos podem trabalhar quer como administradores quer como assistentes.

 

Qualificações

Deve ter um bom conhecimento de, pelo menos, duas línguas da UE.

Para trabalhar como administrador, deve ser titular de um diploma universitário em estatística, economia, matemática ou um domínio relacionado para ser recrutado no Grau AD 5 (nível de entrada dos funcionários administradores). Se, além disso, tiver vários anos de experiência relevante, pode ser recrutado num grau superior (Grau AD 7).

Para trabalhar como assistente, deve, quer ser titular de um diploma do ensino superior num domínio pertinente e possuir alguns anos de experiência profissional relevante para o concurso em causa, quer ser titular de um diploma do ensino secundário e ter, pelo menos, vários anos de experiência profissional relevante para o concurso em causa.

Informe-se sobre o processo de seleção e veja os exemplos de provas.

Para mais informações sobre os estágios, consulte a página Estágios.