EPSO

Relações externas

Natureza das funções

Os jovens diplomatas deveriam considerar a possibilidade de trabalhar para a UE como responsáveis pelas relações externas. Enquanto responsável pelas relações externas, poderá participar em negociações e na aplicação de acordos bilaterais e multilaterais entre a UE e países terceiros ou organizações internacionais, assegurar a coordenação da ação externa da UE com os Estados-Membros e várias instituições da UE, representar a UE no estrangeiro, manter relações diplomáticas com países parceiros da UE, promover os interesses da UE, trabalhar em estreita colaboração com embaixadas e delegações da UE, redigir relatórios políticos, notas de análise e notas informativas dirigidas aos responsáveis, bem como organizar e participar em reuniões de alto nível, de acordo com o protocolo oficial.

Qualificações

Deve possuir um bom domínio de, pelo menos, duas línguas oficiais da UE e ter uma licenciatura para ser recrutado no Grau AD 5 (nível de entrada dos funcionários administradores). Se, além disso, tiver, pelo menos, seis anos de experiência relevante, pode ser recrutado num grau superior (Grau AD 7).

Informe-se sobre o processo de seleção e consulte os exemplos de provas.

Para mais informações sobre a possibilidade de fazer um estágio, consulte o Guia dos estágios na UE.