EPSO

Pessoal de apoio

Existem muitas oportunidades para candidatos com formação ou experiência nos domínios dos recursos humanos e administração ou secretariado, quer para lugares de funcionários quer de agentes contratuais.  O pessoal de apoio é necessário em todas as instituições europeias e em todos os setores, pelo que, independentemente do lugar, o ambiente de trabalho é sempre variado e estimulante.

Natureza das funções

Os assistentes que trabalham no domínio dos recursos humanos exercem funções relacionadas com a gestão da política de recursos humanos em domínios como o recrutamento, a progressão na carreira, a formação e a igualdade de oportunidades.

Podem ter como tarefas a gestão e o acompanhamento de dossiês em matéria de gestão da política de pessoal, nomeadamente relativos ao recrutamento, carreiras, formação profissional, igualdade de oportunidades e direitos individuais e financeiros, a redação de notas e/ou de correspondência, a elaboração de relatórios administrativos, a preparação, condução e acompanhamento de reuniões, a gestão de projetos, a análise e desenvolvimento de métodos de trabalho, o apoio à implementação de sistemas contabilísticos, financeiros, estatísticos e informáticos ou a gestão de equipas.

Algumas das funções relacionadas com os recursos humanos também podem ser asseguradas por agentes contratuais.

Qualificações

Deve possuir um bom domínio de, pelo menos, duas línguas oficiais da UE e ter quer um diploma do ensino superior e, pelo menos, três anos de experiência profissional no domínio dos recursos humanos, quer um diploma do ensino secundário e, pelo menos, seis anos de experiência profissional relevante.

Os requisitos para agentes contratuais podem ser diferentes.

Informe-se sobre o processo de seleção e consulte os exemplos de provas.

Natureza das funções

As funções administrativas de secretariado nas instituições europeias variam em função do lugar em questão. Em geral, um secretário presta apoio de forma autónoma a uma ou várias pessoas ou unidades de uma instituição, reunindo, transformando e distribuindo informação. Pode ter como tarefas a preparação de dossiês, a organização e coordenação das atividades do serviço (reuniões, viagens oficiais), a gestão de documentação (receber, tratar, dar seguimento e arquivar), a preparação, o tratamento e a finalização e verificação de documentos, bem como a pesquisa, a compilação e a difusão de informações.

Nos serviços de tradução, as tarefas podem incluir a receção, gestão e tratamento de pedidos de tradução, em especial a preparação, o tratamento e a finalização de documentos, a alimentação e atualização de memórias de tradução, bem como a datilografia, a paginação e formatação de textos.

As funções de secretariado também podem ser asseguradas por agentes contratuais.

Qualificações

Deve possuir um bom domínio de, pelo menos, duas línguas oficiais da UE e ter quer um diploma do ensino superior de secretariado, quer um diploma do ensino secundário e, pelo menos, três anos de experiência profissional de secretariado. Os requisitos para agentes contratuais podem ser diferentes.

Informe-se sobre o processo de seleção e consulte os exemplos de provas.