Administradores no domínio da auditoria

Home > Administradores no domínio da auditoria

Que tal uma carreira de auditor numa organização internacional? A União Europeia está à procura jovens licenciados dinâmicos (AD 5) e de especialistas com experiência (AD 7) no domínio da auditoria, para trabalhar sobretudo na Comissão Europeia em Bruxelas ou no Tribunal de Contas Europeu no Luxemburgo.

Os auditores das instituições europeias apoiam o trabalho dos gestores realizando uma grande variedade de auditorias externas, internas e de controlo ex post num vasto conjunto de domínios de intervenção da UE, no âmbito das quais examinam a conformidade com as disposições legislativas e regulamentares e a forma como são utilizados os recursos.

As suas funções incluem a avaliação da gestão dos riscos, do modo de gestão da organização e do funcionamento dos processos internos. Dado que lhes incumbe igualmente assegurar serviços de assessoria em todos os domínios operacionais da UE, os auditores podem ter de exercer funções em diferentes países da UE e do resto do mundo ao longo da sua carreira. Os especialistas com experiência profissional (AD 7) serão igualmente responsáveis por missões de auditoria, nomeadamente pela repartição das tarefas entre os membros da equipa e pela supervisão das respetivas atividades.

O respeito pela diversidade cultural e a promoção da igualdade de oportunidades são princípios fundadores da UE, pelo que o Serviço Europeu de Seleção do Pessoal procura tratar todos os candidatos da mesma forma e se esforça por lhes garantir as mesmas oportunidades e condições de acesso. Para mais informações e/ou solicitar adaptações especiais para realizar as provas de seleção, consulte a página sobre a política de igualdade de oportunidades.

Não perca esta oportunidade! O prazo para a apresentação de candidaturas começa já a 7 de maio de 2019.

 

Será que tem o perfil adequado?

Para se candidatar ao perfil de licenciado, deve ser titular de um diploma universitário ou de uma qualificação profissional num domínio pertinente.

Para se candidatar ao perfil de especialista, deve possuir igualmente, pelo menos, 6 a 7 anos de experiência profissional relevante, dos quais um mínimo de 3 a 4 anos no domínio da auditoria (consoante o seu nível de habilitações).

Além disso, para ambos os perfis, é necessário ser cidadão da UE e possuir um conhecimento aprofundado de uma das 24 línguas oficiais da União Europeia e um conhecimento satisfatório de inglês ou francês.

Para mais informações sobre os requisitos, consulte o anúncio de concurso publicado em 7 de maio de 2019.

 

 

Panorama do processo de seleção: 

Candidatura

Testes por computador

Avaliador de talentos/Talent screener

Centro de avaliação

Lista de reserva