Administradores no domínio aduaneiro e fiscal

Home > Administradores no domínio aduaneiro e fiscal

É um profissional motivado e com talento especialista em assuntos aduaneiros ou fiscais? A Comissão Europeia está interessada em selecionar administradores para trabalharem, principalmente, nos serviços responsáveis pelas políticas da UE em matéria fiscal e aduaneira.

No domínio aduaneiro, as funções a desempenhar podem incluir a elaboração de legislação aduaneira e a análise da legislação consolidada no código aduaneiro da união e na pauta aduaneira comunitária, das disposições de aplicação correspondentes e de outras regras relevantes, bem como noutros domínios específicos das alfândegas, tal como os controlos aduaneiros, o processo de modernização aduaneira e/ou as suas aplicações informáticas. Poderá também ter de representar e negociar em nome da instituição a nível da UE e a nível internacional.

No domínio fiscal, as funções a desempenhar podem incluir a análise de questões de fiscalidade direta e/ou indireta, a apreciação jurídica em conformidade com as regras e procedimentos aplicáveis em matéria fiscal ou de auxílios estatais, a análise do impacto e a apresentação de projetos legislativos e a preparação da análise económica dessas questões. Poderá ter de realizar atividades de comunicação no domínio do seu trabalho e negociar a nível internacional nos domínios da análise económica, bem como da avaliação de impostos e da fiscalidade direta e indireta.

O respeito pela diversidade cultural e a promoção da igualdade de oportunidades são princípios fundadores da UE, pelo que o Serviço Europeu de Seleção do Pessoal se esforça por garantir que todos os candidatos beneficiam das mesmas oportunidades e condições de acesso e são tratados da mesma forma. Para mais informações e/ou solicitar adaptações especiais aquando das provas de seleção, consulte a página sobre a nossa política de igualdade de oportunidades.

Não perca esta oportunidade! O prazo para apresentar uma candidatura começa já a 11 de outubro de 2018.

Será que tem o perfil adequado?

É indispensável ser cidadão da UE e saber, pelo menos, duas línguas oficiais da UE, uma das quais deve ser obrigatoriamente o inglês ou o francês.

Para se candidatar, tem de ou ser titular de um diploma universitário correspondente, pelo menos, a quatro anos de estudos e possuir, no mínimo, seis anos de experiência profissional adquirida após a conclusão dos estudos superiores e relacionada com a natureza das funções em causa, ou ser titular de um diploma universitário correspondente, pelo menos, a três anos de estudos e possuir, no mínimo, sete anos de experiência profissional relacionada com as funções em causa. 

 

Administradores no domínio aduaneiro e fiscal

Panorama do processo de seleção: 

Candidatura

Testes por computador

Avaliador de talentos/Talent screener

Centro de avaliação

Lista de reserva