Operadores de conferência

Home > Operadores de conferência
Picture showing a conference room

Tem experiência na operação de equipamento audiovisual? É capaz de se adaptar rapidamente a novas circunstâncias e tem espírito de iniciativa? Comunica eficazmente com os colegas e tem boa uma capacidade de resolução de problemas? A Comissão Europeia está à procura de técnicos de conferência (grupo de funções: secretários/escriturários). 

Os técnicos de conferência são responsáveis pela operação do equipamento técnico de som e de imagem nas instalações multimédia/audiovisuais ou de conferências, bem como pela prestação de apoio técnico de primeiro nível a equipamentos audiovisuais e informáticos. As funções incluem a gravação de debates em formato digital, a realização de um controlo diário do equipamento audiovisual nas instalações das salas de conferências e a seleção de imagens a partir de várias câmaras aquando de reuniões e eventos. Os técnicos de conferência devem estar aptos a trabalhar frequentemente sob pressão, tanto individualmente como em equipa.

Enquanto entidade patronal, as instituições e agências da UE dão acesso a uma comunidade de competências especializadas e a um vasto leque de possibilidades para ampliar conhecimentos, melhorar capacidades e evoluir profissionalmente. O respeito pela diversidade cultural e a promoção da igualdade de oportunidades são princípios fundadores da UE, pelo que o Serviço Europeu de Seleção do Pessoal se esforça por garantir que todos os candidatos beneficiam das mesmas oportunidades e condições de acesso e são tratados da mesma forma. Para mais informações, nomeadamente sobre como solicitar adaptações especiais para as provas de seleção, consulte a página sobre a nossa política de igualdade de oportunidades.

Não perca esta oportunidade! O prazo para as candidaturas começa a 7 de novembro.

 

Será que tem o perfil adequado?

Deve ser cidadão da UE e saber, pelo menos, duas línguas oficiais da UE, uma das quais deve ser obrigatoriamente inglês ou francês.

Além disso, deve ter estudos pós-secundários com a duração mínima de um ano, seguidos de, pelo menos, quatro anos de experiência profissional diretamente relacionada com as funções em causa, ou estudos secundários que deem acesso a estudos pós-secundários, seguidos de, pelo menos, seis anos de experiência profissional diretamente relacionada com as funções em causa. Também pode candidatar-se se tiver com uma formação profissional coma duração mínima de um ano, seguida de, pelo menos, seis anos de experiência profissional diretamente relacionada com a natureza das funções. 

Para mais informações sobre os requisitos aplicáveis, consulte o anúncio de concurso publicado a 7 de novembro de 2019.

 

Panorama do processo de seleção: 

Candidatura

Testes por computador

Avaliador de talentos/Talent screener

Centro de avaliação

Lista de reserva