Transformação dos processos de seleção de pessoal do EPSO

Início > Transformação dos processos de seleção de pessoal do EPSO

Os processos de seleção de pessoal do EPSO estão atualmente a passar por uma profunda transformação, com vista a acompanhar a evolução das necessidades das instituições da UE e as realidades do mercado de trabalho atual. Nomeadamente, estão a decorrer reflexões estratégicas sobre um novo conceito de concurso para funcionários AD generalistas e sobre um quadro de competências revisto. Neste contexto, um objetivo importante é aumentar a diversidade da reserva de candidatos, tanto em termos de perfis como da sua origem. No que se refere aos concursos para funcionários especialistas, já estamos numa fase-piloto durante a qual são testados novos métodos de seleção.

Os principais objetivos são reduzir a duração dos concursos, torná-los mais eficientes quer para os candidatos quer para os avaliadores e dirigir o processo de seleção de forma mais eficaz para os candidatos com os perfis especializados procurados pelas instituições interessadas em recrutar, adotando simultaneamente métodos de seleção modernos e de acordo com as melhores práticas internacionais. O EPSO pretende introduzir provas de perguntas de escolha múltipla sobre o domínio de especialização criadas por computador, numa fase inicial dos concursos para especialistas, e simultaneamente organizar provas de raciocínio em computador numa base de aprovado/reprovado. Devido à crise da COVID, o EPSO viu-se obrigado a organizar as provas do centro de avaliação à distância e com vigilância e, em certos concursos, os candidatos podem fazer algumas sas provas de raciocínio quer em linha quer em centros de testes. No âmbito de outros projetos-piloto, as provas serão efetuadas nas 24 línguas oficiais da UE ou recorrer-se-á a avaliação de talentos assistida por computador. Dado que estes projetos-piloto se encontram numa fase inicial e que os seus resultados devem ser analisados, o EPSO dará oportunamente informações mais pormenorizadas sobre estas novidades.

A objetividade e a igualdade de tratamento são aspetos essenciais de todos estes processos.