Concurso para administradores (titulares de, pelo menos, uma licenciatura) de 2019

Home > Concurso para administradores (titulares de, pelo menos, uma licenciatura) de 2019

A UE está à procura de jovens licenciados

Licenciou-se recentemente e reúne um excelente conjunto de competências? Sente-se motivado por um ambiente de trabalho internacional e pela perspetiva de contribuir para ajudar a definir o futuro da Europa?

As instituições da UE oferecem-lhe a oportunidade de trabalhar para fazer face a alguns dos maiores desafios que a sociedade enfrenta atualmente. Estamos à procura de licenciados com talento e de jovens profissionais interessados em vencer estes desafios e em desempenhar um vasto leque de funções relacionadas com a definição e aplicação das políticas da UE e a gestão de recursos. Procuramos candidatos com capacidade de iniciativa e resiliência, em troca da possibilidade de terem um impacto positivo e significativo na Europa.

Trabalhar para a UE significa participar num dos maiores projetos de integração da nossa época e fazer parte de equipas diversificadas que tratam de questões da atualidade como a luta contra as alterações climáticas, a gestão das migrações, a luta contra o terrorismo ou a promoção do crescimento económico e a criação de emprego. A proteção dos dados pessoais, a segurança dos alimentos, os direitos dos passageiros, a promoção de tecnologias sustentáveis e a preservação da natureza são apenas alguns dos variados temas em que poderá trabalhar. Para mais informações sobre o que a UE faz pelos seus cidadãos, visite o sítio EUandME

O respeito pela diversidade cultural e a promoção da igualdade de oportunidades são princípios fundadores da UE, pelo que o Serviço Europeu de Seleção do Pessoal se esforça por garantir que todos os candidatos beneficiam das mesmas oportunidades e condições de acesso e são tratados da mesma forma. Para mais informações e/ou solicitar adaptações especiais para poder realizar as provas de seleção, consulte a página sobre a política de igualdade de oportunidades.

Os novos membros do pessoal iniciam a sua carreira em Bruxelas ou no Luxemburgo. Contudo, existe a possibilidade de trabalhar noutras localidades em toda a Europa e no resto do mundo.

Não perca esta oportunidade! O prazo para a apresentação de candidaturas começa já a 23 de maio de 2019.

 

Será que tem o perfil necessário?

Para se candidatar, deve ser titular de um diploma universitário correspondente a, pelo menos, três anos de estudos em qualquer domínio, ter conhecimento de duas línguas da UE e ser cidadão da UE. Os estudantes do último ano do curso também se podem candidatar se obtiverem o diploma até 31 de julho de 2019.

Antes de se candidatar, pense seriamente se uma carreira profissional na UE é a escolha mais acertada para si. O questionário «Uma carreira para mim na UE?» e o teste de autoavaliação podem dar-lhe uma ideia realista das suas possibilidades de passar no concurso. 

Chama-se a atenção para o facto de que não basta obter a pontuação mínima exigida nas provas: é necessário ficar entre os candidatos com as pontuações mais altas. 

 

Resumo do processo de seleção



Candidatura

PARTE 1

Confirme que satisfaz os critérios de admissão. Indique todas as línguas da UE que domina.

Candidatura

PARTE 2

Escolha as suas língua 1 e língua 2 e preencha o formulário de candidatura

Testes por computador

Raciocínio verbal, numérico e abstrato (na língua 1) e prova de situação (na língua 2). Centros de teste em todo o mundo.

Prova «bandeja de correio» (exercício e-tray)

Na língua 2: centros de testes nos países da UE

Centro de avaliação

Na língua 2: estudo de caso (nos países da UE); apresentação oral, entrevista com base nas competências, exercício de grupo e entrevista sobre a motivação (em Bruxelas)

Lista de reserva

Lista de candidatos aprovados 145