Juristas-linguistas

Início > Juristas-linguistas

É licenciado em Direito por uma universidade dinamarquesa, grega/cipriota, francesa/belga/luxemburguesa, croata ou polaca? Se for esse o caso, pode vir a ser um dos próximos juristas-linguistas (grau AD7) do Tribunal de Justiça da União Europeia no Luxemburgo!

O Tribunal de Justiça da União Europeia constitui a autoridade judiciária da União Europeia. Em colaboração com os órgãos jurisdicionais dos Estados-Membros, vela pela aplicação e a interpretação uniformes do direito da União Europeia e assegura o respeito pelo mesmo por todos os Estados-Membros e instituições da UE.

Enquanto jurista-linguista, traduzirá para a sua língua principal textos jurídicos complexos, como acórdãos do Tribunal de Justiça e do Tribunal Geral, conclusões dos advogados-gerais e alegações escritas das partes, a partir de, pelo menos, duas línguas oficiais da União Europeia. Trabalhando no cerne da justiça europeia, desempenhará um papel fundamental no domínio da análise jurídica em colaboração com as secretarias e outros serviços do Tribunal de Justiça.

Enquanto empregadoras, as instituições e agências da UE proporcionam acesso a um vasto leque de competências e a numerosas oportunidades para ampliar os seus conhecimentos, melhorar as suas capacidades e desenvolver a sua carreira profissional. O respeito pela diversidade cultural e a promoção da igualdade de oportunidades são princípios fundadores da União Europeia, pelo que o Serviço Europeu de Seleção do Pessoal se esforça por tratar todos os candidatos da mesma forma e por lhes garantir as mesmas oportunidades e condições de acesso. Para obter mais informações sobre a nossa política de igualdade de oportunidades e o procedimento para solicitar adaptações especiais nas provas de seleção, consulte a nossa página.

 

Tem o perfil adequado?

É cidadão da União Europeia com um excelente conhecimento de, pelo menos, 3 línguas oficiais da União – conhecimento perfeito da língua 1 (língua do concurso), conhecimento aprofundado da língua 2 (francês) e conhecimento aprofundado da língua 3 (uma das 24 línguas oficiais da União)? Então tem exatamente aquilo de que estamos à procura! Atenção: se a sua língua 1 for o francês, deve ter um conhecimento aprofundado de alemão, espanhol, finlandês, húngaro, italiano, neerlandês, polaco, português ou sueco como língua 2.

Deve ser titular de uma licenciatura em Direito por uma universidade dinamarquesa, grega/cipriota, francesa/belga/luxemburguesa, croata ou polaca.

Para mais informações sobre os requisitos, consulte o anúncio de concurso nas páginas de candidatura em baixo.

O prazo de candidatura abre a 5 de março de 2020.

 

Panorama do processo de seleção: 

Candidatura

Provas de tradução

Centro de avaliação

Lista de reserva