Perguntas frequentes

Home > Perguntas frequentes > Quais são as disposições em matéria de línguas aplicáveis aos concursos para generalistas?

Quais são as disposições em matéria de línguas aplicáveis aos concursos para generalistas?

Em que língua é que os candidatos fazem as provas nos concursos para generalistas?

Os candidatos a um concurso para generalistas fazem provas em duas línguas:

  • Língua 1: a maioria dos testes de escolha múltipla por computador (testes de raciocínio verbal, numérico e abstrato) é feita na língua 1 do candidato, que deve ser uma das 24 línguas oficiais da União Europeia.
  • Língua 2: um dos testes de escolha múltipla por computador (prova de situação), o teste «bandeja de correio» (exercício e-tray) e as provas nos centros de avaliação realizam-se numa das outras línguas indicadas pelo candidato no formulário de candidatura. Trata-se da língua 2, que é escolhida pelo candidato de entre as cinco línguas identificadas pelo EPSO como as línguas mais indicadas pelos candidatos ao concurso.

A segunda parte do formulário de candidatura deve ser preenchida na língua 2 do candidato.

Os candidatos devem indicar, pelo menos, duas línguas oficiais da União Europeia (nível mínimo exigido: pelo menos, uma língua de nível B2 ou superior e outra língua de nível C1 ou superior – ver o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas). As línguas das provas são decididas com base nas escolhas dos candidatos, tendo em conta as necessidades das instituições e dos serviços interessados em recrutar pessoal.

Por conseguinte, é importante que indique as línguas em que está preparado para realizar as provas. Após a primeira fase de inscrição, não é possível acrescentar línguas ao formulário de candidatura.

Reference number: 

Achou a resposta útil?

Sim Não