Comissão Europeia

A Comissão Europeia é o órgão executivo da UE, sendo responsável pela elaboração de propostas de novos atos legislativos europeus e pela execução das decisões do Parlamento Europeu e do Conselho da UE.

A maioria dos serviços da Comissão Europeia estão instalados em Bruxelas (Bélgica) e no Luxemburgo. A Comissão é a instituição europeia que emprega mais pessoas, tanto na Europa como nas suas Representações e Delegações em todo o mundo, nomeadamente pessoas com perfis específicos, por exemplo, com formação na área da ciência, das línguas, da estatística ou da economia, para ocupar determinados postos especializados.

Localizações: 

Estágios

Comissão Europeia

Aberto à apresentação de candidaturas: 16/07/2018
Prazo limite: 31/08/2018 - 12:00(Hora de Bruxelas)
Localizações: Bruxelas (Bélgica), Grange (Irlanda), Luxemburgo (Luxemburgo)
Instituição/Agência: Comissão Europeia
Tipo de contrato: Estagiário

O programa de estágios da Comissão Europeia está aberto a titulares de um diploma universitário de todo o mundo.

Estes estágios estas disponíveis numa grande variedade de áreas e são uma boa oportunidade para ficar com uma ideia de como funciona a UE. A natureza do trabalho dos estagiários depende, em grande medida, do serviço onde são colocados. Existem oportunidades de estágio, nomeadamente, nas áreas do direito da concorrência, dos recursos humanos, da política ambiental e da comunicação.

Os estagiários desempenham o mesmo tipo de tarefas que os funcionários recém-recrutados. Na prática, os estagiários podem participar na organização de grupos de trabalho e reuniões, na recolha de informações e documentação, na elaboração de relatórios e na resposta a perguntas, bem como em reuniões de unidade e outros tipos de eventos. Terão também de desempenhar funções mais específicas relacionadas com o serviço onde decorre o estágio. Por exemplo, um estagiário jurista da Comissão faz coisas bastante diferentes de um estagiário economista do Tribunal de Contas ou um estagiário de formação generalista do Parlamento Europeu.

Quem pode candidatar-se: Podem candidatar-se titulares de um diploma universitário de qualquer área (caso o diploma final ainda não tenha sido emitido, pode ser apresentado um certificado de habilitações provisório). Não é obrigatório ser cidadão europeu, mas geralmente é necessário ter conhecimentos de duas línguas oficiais da UE. Existe um número reduzido de lugares reservados a cidadãos de países não pertencentes à UE. Embora não seja obrigatório ter experiência profissional ou estudos de pós-graduação, esses elementos serão sempre tidos em conta.

Duração: 5 meses

Remunerado? Sim. A partir de 1 de março de 2018, 1176,83 euros por mês e reembolso das despesas de deslocação.

Data de início: 1 de março e 1 de outubro