Passar para o conteúdo principal
Logótipo da Comissão Europeia

Frederic

Frederic é responsável pela acessibilidade das pessoas com mobilidade reduzida no Serviço de Infraestruturas e Logística da Comissão Europeia (OIB). Frederic, que é invisual, trabalha para as instituições europeias desde 1998.
Perguntámos-lhe que tipo de adaptações especiais foram efetuadas no seu emprego.

«Forneceram-me um computador equipado com software de síntese da fala (JAWS) e um teclado em Braille. Quando cheguei, a Direção-Geral da Investigação e Inovação deu-me mais do que aquilo que eu precisava na realidade. Fui extremamente bem acolhido, fiquei realmente impressionado. A minha primeira experiência foi excelente. Depois, quando quis mudar de lugar, não foi bem assim, mas sempre soube que se fosse paciente conseguiria obter aquilo de que necessitava.»

Frederic também afirma que a sua deficiência não é nenhum obstáculo na sua equipa.

«A minha deficiência até é uma vantagem aqui. Encaro-a uma forma descontraída e não dou a impressão de carregar às costas o peso do mundo inteiro. E, como tenho um cão, isso até ajuda, porque é a nossa mascote.»